PM AGE RAPIDAMENTE E PRENDE BANDIDOS QUE MATARAM ESTUDANTE EM FORTALEZA

A ação rápida de policiais militares do Policiamento ostensivo Geral (POG) e do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) resultou na prisão de três jovens - dois maiores e um adolescente - apontados como implicados na mote da estudante Larissa Layanne Silva Vieira, 14 anos, assassinada na tarde desta sexta-feira (22), no bairro Vila Peri, na zona Sul de Fortaleza. A estudante foi morta, a tiros, quando seguia da escola para um ponto de ônibus, onde embarcaria no coletivo em direção à sua residência, no Parque São José.


Dois adultos e um adolescente foram capturados no bairro Maraponga com duas armas de fogo, entre elas, o revólver de calibre 38 que um dos envolvidos utilizou para matar a estudante. Larissa foi atingida com, pelo menos, um tiro na cabeça e morreu quando dava entrada na Emergência do "Frotinha" de Parangaba. 

O fato ocorreu na Rua Arruda Câmara. A estudante era aluna da Escola Hermenegildo Firmeza. O motivo da morte teria sido uma discussão que a garota teve, dias antes com outra adolescente, namorada de um dos assassinos.


Depois de atirar contra a estudante, dois suspeitos teriam fugido do local numa motocicleta, mas antes, um deles tratou de roubar o celular da estudante para confundir as investigações policiais, dando a conotação de que se tratava de um assalto seguido de morte, isto, é um crime de latrocínio. No entanto, com a prisão dos três, ficou claro que a intenção dos criminosos era realmente eliminar a estudante.

Outra versão que está sendo apurada pela Polícia Civil, através da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) revela que por trás da discussão entre as duas garotas estaria a rivalidade entre duas facções criminosas. Larissa seria simpatizante de um dos grupos criminosos e a outra jovem pertenceria à facção rival. A Polícia não confirmou se tal versão é real, muito embora isto tenha sido citado no depoimento do menor.

 Blog Fernando Ribeiro

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.