"NÃO TENHO NENHUM INTERESSE NO CONFLITO COM O PRESIDENTE", DIZ MAIA SOBRE BOLSONARO

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi novamente ao twitter, na tarde desta quarta-feira (1°), afirmar não ter interesse em conflito com o presidente Jair Bolsonaro (PSL). 


"Deixo claro que fiz apenas uma ressalva respeitosa. Não tenho nenhum interesse no conflito com o presidente. Precisamos estar juntos pra aprovar a Nova Previdência", declarou.

Maia havia publicado uma resposta a Bolsonaro, na noite desta terça-feira (30), sobre a instabilidade política na Venezuela. Bolsonaro escreveu nas redes sociais que "a situação da Venezuela preocupa a todos" e que "qualquer hipótese será decidida EXCLUSIVAMENTE pelo Presidente da República, ouvindo o Conselho de Defesa Nacional". 

Na sequência, Maia foi ao twitter rebater fala do chefe do Executivo. "Em relação ao tuíte do presidente Jair Bolsonaro sobre a situação da Venezuela, é importante lembrar que os artigos. 49, II c/c art. 84, XIX; c/c art. 137, II da Constituição Federal precisam ser respeitados", escreveu.

"E eles determinam que é competência exclusiva do Congresso Nacional autorizar uma declaração de guerra pelo Presidente da República", continuou.

Contato

Maia afirmou que recebeu mensagem do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente, alegando que a publicação do chefe do Executivo não se tratava de declaração de guerra. "Esclarecendo que a postagem do presidente Bolsonaro em sua conta no Twitter, ontem, sobre a crise na Venezuela não tratava da possibilidade de declaração de guerra. Isso nos tranquiliza, porque é uma postura de respeito ao Parlamento", disse.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.