BOLSONARO DETERMINA A SUSPENSÃO DO USO DE RADAR MÓVEL EM RODOVIAS FEDERAIS

O presidente Jair Bolsonaro determinou que o Ministério da Justiça e Segurança Pública "suspenda o uso de equipamentos medidores de velocidade estáticos, móveis e portáteis" nas rodovias federais do País. A determinação foi realizada através de um despacho ao Ministério da Justiça publicado na manhã desta quinta-feira (15) no Diário Oficial da União.


Bolsonaro já havia dito na última segunda-feira (12) que, pretendia acabar com os radares móveis no País até a próxima semana. Durante pronunciamento, o presidente afirmou que se tratava de uma decisão dele próprio e que era "só determinar à Polícia Rodoviária Federal que não use mais". No entanto, Bolsonaro afirmou que que poderia voltar atrás se alguém "provar que esse trabalho é bom".

Na quarta-feira, Bolsonaro classificou os radares móveis como "assaltantes".

A medida vale, segundo o despacho, "até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas".

A suspensão será aplicada aos seguintes radares:
  • Estático: instalado em veículo parado ou sobre suporte.
  • Móvel: instalado em veículo em movimento.
  • Portátil: direcionado manualmente para os veículos.
DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.