CORPOS DE CASAL HOMOAFETIVO FORAM ARREMESSADOS DO TOPO DA SERRA EM ITAITINGA

Os corpos de Erenilson Moreira Cavalcante, 26 anos, e Guilherme Pereira de Sousa, casal encontrado morto em Itaitinga nesta segunda-feira (5), foram arremessados do alto da Serra do Cruzeiro, e resgatados por bombeiros com ajuda de um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), informou a família. Os dois moravam juntos e haviam saído de casa no sábado (3) para subir a serra.


Os familiares de Erenilson contaram com ajuda de populares para procurar o filho, que não dava notícias desde o domingo (4), dia em que deveria ter retornado para o trabalho de vigia na prefeitura do município. 

Segundo a polícia, ambos apresentaram "lesões que podem ser decorrentes de arma de fogo ou de objeto perfurocortante". De acordo familiares de Erenilson, há suspeita de que ele tenha sido atingido na cabeça. Já Guilherme teria sofrido golpes de faca. As causas da morte ainda são investigadas pela Perícia Forense.

Os dois foram mortos dentro de uma espécie de gruta, no alto da serra, e depois, os corpos foram jogados para baixo, informou Ereni Cavalcante, irmã de Erenilson, que fez o reconhecimento do corpo do irmão. Segundo ela, o laudo cadavérico deve sair em sete dias.

“De manhã procurei na casa dele, ele não tava. Domingo era dia dele ir trabalhar, ele trabalha de vigilante na prefeitura, ele não foi. Sempre ele subia a serra. Eu dava conselho, 'rapaz, é perigoso'. Mandei dois meninos lá, aí acharam os dois mortos. Meu menino era um menino bom, todo mundo gostava dele. Não sei por que aconteceu isso”, contou o pai de Erenilson, Evandro Cavalcante.

O caso é investigado pela Delegacia Metropolitana de Itaitinga.

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.