QUATRO HOMENS FORAM PRESOS POR APLICAR GOLPES EM VENDEDORES

Quatro homens foram presos nesta quarta-feira quarta-feira (14) no Bairro Parque São José, em Fortaleza, sob a suspeita de praticarem o crime conhecido como "golpe da arara", um tipo de estelionato em que enganavam vendedores de mercadorias. 


Os suspeitos foram identificados como Joaquim Ximenes de Carvalho, que já responde por estlionato; Ivanildo Borges de Sousa, com registro por estelionato e furto; José Edvaldo Moreira Viana, com passagem por responde por receptação; e Pascoal Soares Rodrigues sem registros de crimes anteriores.

No momento da prisão, eles estavam com 125 quilogramas de castanha de caju, num valor aproximado de R$ 4,3 mil. A carga pertencia a uma vítima que já tinha perdido outros R$ 28 mil para o grupo.

Golpe

De acordo com a polícia, os quatro homens alugavam um ponto comercial como fachada para enganar as vítimas. Eles entravam em contato com os vendedores para encomendar produtos como alimentos, bebidas e roupas. O combinado era que os vendedores encontrassem com eles no ponto alugado. 

Na hora marcada para a entrega, o material já ficava de posse do grupo criminoso, que convidava o vendedor para ir até a agência bancária, onde seria feito o pagamento. Durante o caminho, o grupo despistava a vítima, que quando retornava ao espaço alugado já não encontrava mais nada. Os homens, em seguida, revendiam a mercadoria roubada no mercado local.

Segundo o inspetor chefe do 19º Distrito Policial, Rodrigo Miyagi, o grupo já praticava o crime há, pelo menos, um mês. A polícia conseguiu capturá-los quando uma das vítimas foi acionada novamente pelos quatro. "Ele entrou em contato com a polícia e foi orientado a colocar um rastreador dentro das caixas de castanha. Já temos o reconhecimento não só desta, mas de outras vítimas que já nos procuraram e deram a descrição dos homens", relata Miyagi.

Os quatro homens foram levados ao 19º DP e foram autuados nos crimes de furto, estelionato e participação em organização criminosa.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.