FALSA ADVOGADA FOI PRESA AO TENTAR ENTRAR NA CADEIA DE GRANJA

Na manhã desta quarta-feira (04), Agentes Penitenciários da Cadeia Pública de Granja prenderam uma mulher em flagrante por exercício ilegal da profissão e falsidade ideológica. 

Com o nome fornecido de Juliana Guedes Gurgel, a mulher tentou entrar na unidade prisional alegando ser advogada. 

Ela chegou a assinar o livro destinado aos profissionais do direito, colocando inclusive um número de registro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). 

O problema surgiu quando um dos Agentes Penitenciários, ao desconfiar do comportamento da mulher, solicitou a Carteira da OAB. Logo que escutou o pedido, Juliana, ainda mais nervosa, disse não ter o documento. 

Diante dos fatos, os Agentes Penitenciários deram voz e prisão à "falsa advogada". Ela foi conduzida então à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuada pelos crimes de falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão. De lá foi transferida para a Cadeia Pública de Sobral. 

(Camocim Online)

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.