FILHO ACUSA O PAI BOLSONARO DE POSTAR VÍDEO CONTRA O STF

Na noite desta terça-feira (29), o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) acusou seu próprio pai, Jair Bolsonaro, de ter publicado o vídeo no qual ele se compara a um leão atacado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e pela Globo, que aparecem como “hienas”.


“O presidente pediu desculpas sobre a publicação do vídeo QUE ELE MESMO O FEZ”, escreveu Carlos no Twitter. “Qualquer um que tente plantar uma narrativa contrária age de má fé e com interesses terrivelmente anti-republicanos. Para bom entendedor, meia palavra basta!”.

“Sem problema algum admitiria que teria sido eu!”, insistiu Carlos. “Como não foi, sejamos inteligentes diante das falas feitas no JN (Jornal Nacional) e quais propósitos teriam diante da conhecida “CPMI das Fake News”, continuou.

Apesar do presidente ter assumido a culpa pelo vídeo, ele nega ter sido o responsável por sua publicação, e disse que muitas pessoas têm a senha de suas redes sociais e que conteúdo passou “despercebido”.

“Não se pode culpar o Carlos. A responsabilidade final é minha. O Carlos foi um dos grandes responsáveis pela minha eleição e é comum qualquer coisa errada em mídias sociais culpá-lo diretamente. A responsabilidade é minha, tem mais gente que tem a senha e não sei por que passou despercebido essa matéria aí”, disse.

O vídeo polêmico foi publicado um dia antes do Jornal Nacional divulgar uma matéria exclusiva que vai levar o caso Marielle ao STF. A reportagem revelava que, na tarde de 14 março do ano passado, dia em que a vereadora foi brutalmente assassinada, o ex-policial militar Élcio Queiroz, motorista do carro usado no crime, esteve no condomínio do presidente Jair Bolsonaro e recebeu autorização da casa de Jair para entrar e visitar Ronnie Lessa, apontado como autor dos disparos.

REVISTA FORUM

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.