CIRO GOMES CHAMA EDUARDO BOLSONARO DE MERDINHA E TOLETE DE ESTERCO

O ex-ministro Ciro Gomes, candidato do PDT a presidente nas eleições de 2018, criticou o deputado Eduardo Bolsonaro , líder do PSL na Câmara, por defender a instauração de um novo Ato Institucional Nº 5 (AI-5), caso a esquerda "radicalize". 

Um líder pacifica e o Brasil precisa de paz

"Este bando de lunáticos está ultrapassando qualquer limite! Este tolete de esterco é mais perigoso com a mão suja do que exercendo um poder que pensa ter em seu deslumbramento de boçal!", disse Ciro pelo Twitter.

"Vê aí na internet, seu merdinha, qual foi o destino do Mussolini e recolhe tua viola! Por enquanto vou pedir ao meu Partido que represente ao Conselho de ética da Câmara para cassar teu mandato por falta de decoro! E seguiremos exigindo das autoridades que esclareçam o envolvimento de vcs com as milícias e com dinheiro público desviado de seus gabinetes para o próprio bolso. E denunciando a venda do País pelo governo mais entreguista e traidor que o Brasil já teve!", acrescentou. 

Nesta quinta-feira (31), líderes do PT, PSOL, PSB, PDT, PCdoB, Rede e da Minoria protocolaram notícia-crime no STF em que argumentam que, ao defender a volta de um instrumento da Ditadura Militar, Eduardo Bolsonaro incorreu nos crimes de Incitação ao Crime e Apologia ao Crime e pedem que o STF instaure processo penal contra o parlamentar.

BRASIL 247

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.