MINISTRO DA EDUCAÇÃO DIZ QUE UNIVERSIDADES TEM PLANTAÇÕES EXTENSIVAS DE MACONHA

Sem apresentar provas, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse em entrevista ao "Jornal da Cidade Online" que há "plantações extensivas de maconha" nas universidades federais, "a ponto de precisar de borrifador de agrotóxico".


"Você tem plantações de maconha, mas não são três pés de maconha, são plantações extensivas de algumas universidades, a ponto de ter borrifador de agrotóxico. Porque orgânico é bom contra a soja para não ter agroindústria no Brasil, mas na maconha deles eles querem toda tecnologia a disposição", disse.

Segundo ele, a culpa seria da "soberania" das universidades. "Foi criada uma falácia que as universidades federais precisam ter autonomia. Justo, autonomia de pesquisa, ensino... Só que essa autonomia acabou se transfigurando em soberania", afirmou.

Ele classificou as universidades de "madraças [escola muçulmana] de doutrinação" e disse defender a diminuição do "poder absoluto e hegemônico" delas.

Em nota, a Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior) afirmou que as universidades públicas são o berço da produção de ciência e de tecnologia do país e que, por serem um "verdadeiro patrimônio do povo brasileiro", devem ser valorizadas, cuidadas e incentivadas.

A associação repudiou as declarações do ministro e disse que irá tomar as providências jurídicas cabíveis para apurar eventual cometimento de crime de responsabilidade, improbidade, difamação ou prevaricação por parte de Weintraub.

UOL

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.