SUSPEITO DE MATAR JUIZ FOI PRESO COM DROGAS EM SUA 5ª CAPTURA

Edson Santos da Silva, de 20 anos, um dos suspeitos de participar de assassinato de um juiz em uma praça do bairro Cocó em 2016, foi preso durante uma abordagem policial na noite desta segunda-feira (18). Esta é, pelo menos, a 5ª vez que ele capturado, incluindo a ocorrida após o homicídio do magistrado.


Segundo a polícia, Edson estava na companhia de um adolescente quando os dois foram abordados pela polícia. Com eles foram encontradas 25 trouxas de maconha e 17 pedras de crack, além de R$ 87 em espécie.

Edson e o adolescente foram levados para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Após procedimentos, o adolescente foi liberado por falta de provas. 

Assassinato 

O juiz aposentado Edvalson Florêncio Marques Batista foi morto durante um assalto no dia 8 de março de 2016, na Praça Pedro Felipe Borges (Praça Oficina do Senhor), na Rua Bento Albuquerque, no Cocó. Algumas testemunhas relataram que o juiz teria reagido a um assalto. Outra vesão dada por quem presenciou o crime indica que a vítima deu apenas um passo para trás, o que levou os suspeitos a atirarem.

O magistrado levou um tiro na perna, atingido a artéria femural, e morreu no local. Os suspeitos fugiram após a ação criminosa. Na época, Edson Santos da Silva era menor de idade.

DN

Nenhum comentário

SEU COMENTÁRIO É DE SUA TOTAL RESPONSABILIDADE, FICANDO SEU IP. DE REDE SALVO PARA RESGUARDO DE AÇÕES JUDICIAIS.

Tecnologia do Blogger.